3 de abril de 2012

O inimigo mora com você?!

Essa imagem utilizei ano passado em um projeto de "alimentação saudável"
que desenvolvi na escola onde trabalhava,
 além de fofa e colorida, a criançada adorou e aderiu!
 Foi muito gratificante!

Estive pensando aqui, sobre as dificuldades que encontramos em busca desse nosso tão sonhado ideal de saúde e beleza.
Pra começo de conversa, temos que nos aceitar como nós somos de verdade e não como
imaginávamos ou queríamos que fôssemos...
Passei anos da minha vida me enxergando acima do peso, mas não querendo enxergar, repetindo pra mim mesma que nem era tanto assim, tentando sabotar minha visão e achando que escondendo o meu peso estaria mais magra também. Falsa alternativa. E o esforço em me fazer de indiferente e tentar esconder a minha "massa corpórea", como se ninguém estivesse me vendo daquela forma que eu era: sedentária, gordinha, e gulosa!
Tudo, só passou a fazer sentido depois que me aceitei, que resolvi mudar e dar o pontapé inicial. Esse sim é o primeiro e mais importante passo: A ACEITAÇÃO.

Depois, no caminhar desse processo tem as metas, os objetivos, o planejamento... E aí depois de tomadas todas essas medidas de mudança na nossa vida, tem o maior e mais difícil desafio: Vencer nossos obstáculos, superar limites e acima de tudo, saber que SÓ NÓS SOMOS RESPONSÁVEIS PELOS NOSSOS ATOS!

Aqui em casa, uma das minhas dificuldades é o fato de ter 2 filhos pequenos que adoram besteirinhas como balas, doces, salgadinhos, que no armário não podem faltar. Mas o maiore desafio é o meu marido, meu lindo companheiro! rs Gente, ele come muitooo, sempre comeu bem, os pratos deles são famosos pelo tamanho, e ele sempre foi magro. Não é esquelético, mas sempre esteve dentro do peso, ou no máximo um pouquinho acima em algumas ocasiões. Mas também sempre foi ativo, praticando exercícios, jogava bola... Mas a idade vai chegando, depois que entrou na casa dos "inta" desandou de vez, deu mal jeito na coluna, rompeu o ligamento cruzado do joelho... E agora está "de molho"...

O que mais pego no pé dele, é o fato de sempre escolher as coisas mais gordurosas, aquelas que fazem mais mal pra saúde, sabe? Adora beliscar também, atacando pacote de salgadinho, é chocólatra assumido que só, quando vai no mercado traz um estoque de chocolate pra dentro de casa.
Estou tentando fazê-lo mudar os hábitos alimentares, mas não é uma tarefa fácil fazê-lo aceitar um grelhado ou cozido ao invés de uma fritura... Ultimamente brinco com ele que está grávido, pois tem dias que acaba de jantar e já vai logo fuçar os armários atrás de besteirinhas pra comer... Sei que posso estar sendo chata, mas se eu não alertá-lo, quem fará, não é mesmo? Mas ele ainda não se enxergou dessa forma, não teve uma "aceitação" de que a situação é realmente essa, então, ainda estou como a vilã do conto de fadas! rs

Leio por aí, que toda a família acabou se adaptando a rotina mais saudável, e espero que por aqui não seja diferente, mesmo que lentamente. Afinal de contas, saúde em primeiro lugar ne!
E eu aqui, me segurando pra não cair na onda dele denovo, o acompanhando nas paneladas de brigadeira de madrugada nos finais de semana, do filminho com muuuuita pipoca e batata frita, no churrasco de picanha súper gordo! Aii, tentação, viu! Mas estou resistindo, tento nem ficar perto, arranjo outra coisa pra fazer nessas horas... Só espero continuar essa resistência, até pq se me segurando, praticando exercícios e ainda comendo direitinho está difícil eliminar pelo, imagina se eu chutar o balde? NÃO DÁ!
Até meu caçula esses dias veio me oferecer um pedaço de chocolate e o mais velho veio correndo corrigí-lo:
-"Não, Felipe, a mamãe não pode comer chocolate pq ela está fazendo tratamento"! rs
É que expliquei pra eles que estava fazendo uma reeducação alimentar, que é uma espécie de tratamento para ficar saudável, e por isso não estava mais comendo essas coisas... Pq meu mais velho é muito tagarela, já pensou, ia sair aí falando aos quatro ventos que "minha mamãe não está comendo pq ela está gorda!"  Aí é pra acabar!
Mas é isso aí meninas, força, foco e determinação! Vamos colocar metas possíveis de serem cumpridas, e não deixar que nada nem ninguém nos desviem delas! Mentalizem!!!

Beijos e uma ótima semana de RA e AF!

3 comentários:

Aline Costa disse...

Amei o final! Ri bastante. Ainda não tenho filhos, mas tenho duas sobrinhas que também são muito tagarelas. Sei bem como é.
Infelizmente esse tipo de decisão somos nós mesmo que temos que tomar. Se ele fizer uma RA porque você pediu, a probabilidade de ele abandonar vai ser imensa. O interessante é que meu marido é um pouco parecido com o seu. Depois de anos tentando fazer ele cair na real, parece que finalmente ele acordou. Vai chegar um dia que seu marido também vai se ligar, principalmente quando você ficar lindona e esbelta!
hahaha!
Beijos!

Kakau disse...

hehehe Pois é, Aline!
Quando se tem crianças espertas em casa tem que tomar MUUUUIIIITOOO cuidado com o que se diz, pois eles, na inocência saem repetindo tudinho! rs

Missão Em Forma disse...

Que gracinhas...rsrs

Bjjsss


www.missaoemforma.blogspot.com